HMD recebeu o 1° Simpósio de Trauma de Mão
O Hospital Mãe de Deus realizou nos dias 1º e 2/10 a primeira edição de seu Simpósio de Trauma de Mão. Realizado em parceria com a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Mão, o evento debateu a especialização de profissionais da saúde sobre este que é um dos principais órgãos do corpo humano. Com a participação de médicos do estado e do país. O encontro ocorreu no auditório do hospital - Rua José de Alencar 286, bairro Menino Deus.
Conforme o Dr. Ricardo Kaempf, gestor do Serviço de Cirurgia de Mão do HMD, este foi um dos maiores eventos sobre o tema no Brasil. "Reunimos mais de 60 cirurgiões de mão vindos de vários estados, além de ortopedistas residentes e outros profissionais da saúde, os quais trocarão experiências de atendimento na área. É uma oportunidade única para atualizar médicos e todos os profissionais de saúde que lidam com lesões neste órgão". A proposta do evento, segundo Kaempf, é estimular a capacitação em um segmento da ortopedia que apresenta demandas de alta complexidade.
Durante a programação, foram abordados através de palestras os diferentes tipos traumas de mão e suas corretas técnicas de atendimento, procedimentos que podem ser decisivos para reduzir o risco de sequelas e incapacidades definitivas. Entre as pautas abordadas estavam inovações no diagnóstico por imagem, microcirurgias, experiências no atendimento público, lesões em nervos e ossos, queimaduras e estatísticas. Também foi apresentado o Serviço de Cirurgia de Mão do HMD, referência no cenário gaúcho por sua capacidade, sendo composta por uma equipe treinada e dotada de equipamentos de última geração. "Queremos compartilhar nossa experiência a fim de, também, estimular a implementação da cirurgia de mão no serviço público de saúde, outra grande questão do evento", comenta Dr. Kaempf.
Presente no Brasil desde 1970, a cirurgia de mão foi reconhecida como especialidade médica pelo Conselho Federal de Medicina em 1982. Estima-se que no país as lesões neste órgão são responsáveis por mais de 30% dos acidentes de trabalho com afastamento. São pacientes jovens e ativos, que podem apresentar sequelas para o resto da vida. "Isso é um prejuízo imenso para a nossa economia", observa Dr. Kaempf, ressaltando a importância do evento à comunidade gaúcha e brasileira.
O Simpósio de Trauma de Mão foi uma realização do Serviço de Cirurgia de Mão do Hospital Mãe de Deus.
Agradecemos a todos os participantes e colaboradores, e em breve daremos informações sobre o 2° Simpósio de Trauma de Mão do HMD.
Texto: Tiago Ritter